Seg - Sex : 09:00 - 18:00
contato@efibras.com.br
+55 (11) 2613-0105

FAQ

É burocrático antecipar meu faturamento com a EFIBRÁS?

Levando em consideração que temos que acatar as normas da resolução 21 do COAF (Comitê de Controle das Atividades Financeiras), faz-se necessária a confecção do aparato cadastral para que nosso cliente comece a operar conosco.

No entanto, o maior trabalho se dá no início do relacionamento, pois é quando precisamos colher toda a documentação e assinaturas dos responsáveis pela gestão da empresa-cliente.

No dia-a-dia, também se faz necessária a emissão dos termos aditivos a cada operação, bem como a coleta de assinaturas nos documentos que legitimam as operações.

O que é factoring ou FOMENTO COMERCIAL ou fomento comercial?

Trata-se de uma operação meramente comercial, onde uma empresa de qualquer ramo de atividade antecipa seu faturamento através da venda dos títulos de crédito oriundos de sua atividade econômica.

Como se realiza uma operação de factoring?

A empresa interessada preenche nosso cadastro e nos envia os documentos necessários à confecção de seu contrato-mãe de FOMENTO COMERCIAL, caso atenda nossos critérios de análise.
Em caso de aprovação, o cliente passa a relacionar os títulos que pretende antecipar através de borderô específico e nos envia por e-mail, fax ou mesmo através de nosso sistema on-line.
Em aproximadamente 50 minutos, nosso departamento operacional retorna à empresa o parecer de sua operação, que pode ser aprovada, indeferida ou parcialmente aprovada, dependendo da situação cadastral dos sacados.

Os títulos aprovados são retirados da empresa-cliente através de nosso moto boy (São Paulo e Grande São Paulo), e tão logo sejam conferidos e confirmados por nós, realizamos o pagamento ao nosso cliente através de DOC, TED ou Transferência Bancária.

Quais os títulos de crédito que podem ser negociados com a factoring?

Vários são os títulos de crédito que podem viabilizar uma operação de factoring, no entanto, a EFIBRÁS só adquire Duplicatas Mercantis e Cheques Pré-datados oriundos da Indústria e do Comércio.

Quanto custa ao micro e pequeno empresário uma operação de factoring?

Os custos decorrentes de uma operação de factoring são compostos de:
– Fator de compra (deságio). Proporcional ao prazo de vencimento dos títulos negociados.
– Ad-Valorem – Ou remuneração pela prestação de serviços que a factoring realiza para as empresas clientes, tais como avaliações creditícias ou quaisquer outros que o cliente venha a solicitar.
– Impostos (ISS e IOF).
– Tarifas. Nada mais são do que o repasse dos custos decorrentes de suas transações bancárias (TED, DOC, Boletos de Cobrança, Custódia de Cheque, etc), conseqüencias de suas operações de factoring.
O conjunto desses custos pode variar de acordo com o perfil de cada cliente, sendo verdade a premissa de que quanto maiores forem os riscos assumidos, maiores os custos (deságio) de cada operação.
Por outro lado, se compararmos uma operação de factoring à uma de desconto bancário, o empresário irá constatar que os “custos invisíveis” decorrentes dos bancos acaba encarecendo demais suas operações no dia-a-dia.

A factoring se diferencia justamente neste aspecto, pois não obrigamos nossos clientes a adquirir produtos bancários “casados” com suas operações de crédito.

Além da antecipação de meu faturamento, quais outros benefícios minha empresa obtem ao operar com uma factoring?

– Agilidade e personalização do atendimento.
– Capacidade de utilizar nossa estrutura sobre o aspecto creditício-preventivo.
– Não ficar vinculado aos limites bancários.
– Não ficar vulnerável aos produtos bancários desnecessários.
– Possibilidade de negociar preços à vista com seus fornecedores, viabilizando maiores descontos.

– Possibilidade de terceirizar o departamento de contas à pagar e a receber de sua empresa, reduzindo custos significativamente, pois a factoring pode administrar todos os seus recebíveis e compromissos, diminuindo despesas com pessoal, por exemplo.

Factoring empresta dinheiro?

Sob NENHUMA HIPÓTESE.
Os empréstimos de qualquer natureza ou destinação são atividades exclusivas das instituições financeiras, o que não é o caso das factorings.

As factorings só podem adquirir o faturamento à prazo das empresas, sendo vedada por lei a atividade de empréstimo.

Qual a vantagem em operar com uma factoring Associada ao SINFAC/SP?

O SINFAC/SP (Sindicato das Sociedades de FOMENTO COMERCIAL do Estado de São Paulo) é uma entidade sem fins lucrativos que congrega e orienta suas associadas sob uma doutrina ética, profissional, embasada nas boas práticas de gestão, com o único objetivo de fazer com que os clientes de suas associadas sejam devidamente respeitados e bem atendidos.

Preciso ter minha sede próxima à sede da EFIBRÁS para poder realizar minhas operações de factoring?

Não é necessário estar próximo fisicamente da EFIBRÁS para poder operar conosco, pois como dispomos de moto-boys e sistemas informatizados baseados em Internet, temos condições de atender com rapidez todos os clientes da capital paulista, bem como das cidades circunvizinhas.

.